O que é Personal Branding

A primeira citação de Personal Branding foi feita em 2007 por Tom Peters. Desde então ganhou destaque em meio a pessoas que desejam melhor promover suas marcas.

Para entender o que é Personal Branding é necessário retornarmos ao marketing e a alguns de seus conceitos.

Eu já falei aqui no blog sobre marketing pessoal e, embora muitos confundam, o Personal Branding e o marketing pessoal não são a mesma coisa.

Gosto de dizer que o marketing pessoal é amplo. Como se ele fosse as várias casas de um alvo e o Personal Branding o foco central.

No Marketing pessoal, as estratégias adotadas levarão a um objetivo que pode ser tornar-se mais conhecido, ser uma referência no mercado, entre tantos outros.

O Personal Branding vai te ajudar a determinar o seu valor e melhorar seu posicionamento.

Para ficar mais claro, vamos retomar alguns pontos importantes:

Marketing e Marca

A partir deste parágrafo, chamaremos o marketing de tradicional para diferenciarmos seus conceitos amplos e assim melhor entender este post.

Para o marketing tradicional, uma marca (brand) é o conjunto de características tangíveis e intangíveis combinadas a uma identidade visual.

A marca deve comunicar o valor de uma empresa ou de um produto ao seu público. Podemos dizer que, quando nossa decisão de compra se faz pela marca, significa que optamos pelo valor de um produto.

Valor de uma marca e o Personal Branding

É bastante provável que para se referir ao preço de um produto ou de um serviço você utilize valor como sinônimo, mas e se eu te disser que valor e preço não são sinônimos?

Mesmo que o dicionário os coloque como tal, valor pode ser melhor explicado como o conjunto de sensações que a marca provoca no consumidor.

Quando temos uma experiência com um produto ou serviço, nós absorvemos sensações que determinarão nossa opinião em relação a ele.

Tais sensações podem ser positivas, tonando-nos clientes assíduos, quem sabe, ou negativas, tomando nossa repulsa por determinadas marcas.

Quero te convidar para uma reflexão:

Pense em marcas de produtos diversos que você escolheu comprar.

Qual delas você optou pelo valor da marca? Ou seja, pelas experiência que ela te provocou?

Assim fica mais fácil entender, não é mesmo?

As sensações provocadas por uma marca, geralmente são emocionais e são trabalhadas e acompanhadas pelo branding, que nada mais do que a gestão de marca.

Entendendo o Personal Branding

Entendemos que valor é o que nos diferencia de outras pessoas e que Personal Branding é a gestão da minha marca, certo?

Vamos recapitular:

Personal = pessoal

Brand = marca

Branding = gestão de marca

Personal Branding = gestão de marca pessoal

Quando voltamos a análise para o pessoal, passamos a entender que nós somos nossa marca e que assim como uma empresa ou produto precisa ter a sua bem trabalhada, nós também precisamos.

O Personal Branding é então o conjunto de estratégias de gestão que vai nos ajudar a trabalhar nossa marca e entregar nosso valor.

Um Personal Branding eficaz e que atinja seus objetivos deve começar pela proposta de valor.

Qual o seu valor?

Como você quer ser reconhecido pelas pessoas?

Inicie seu processo respondendo a estas perguntas e, caso ajude, faça uma pesquisa informal com amigos e familiares.

A chave mestra de uma boa estratégia de Personal Branding é o autoconhecimento.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *