Marketing digital para clínicas

Como usar marketing de conteúdo em assessoria de comunicação

Pode parecer estranho, mas este artigo vai te provar que é simples e um recurso muito importante para as assessorias de comunicação de grandes institucionais sem fins lucrativos ou órgãos públicos.

Diferente das relações comerciais, quando o assunto é público de associações, conselhos de classe, sindicatos e outros que não tenham prática comercial, o objetivo do marketing passa a ser relacionamento. Em termos práticos, essas instituições oferecem serviços para seus associados, inscritos ou qualquer que seja a nomenclatura adotada, mas o serviço não tem relação comercial.

O objetivo do marketing de conteúdo para este segmento será relacionamento com o público. Tal relacionamento não costuma ser muito amigável, uma vez que, normalmente, estas empresas oferecem menos do que seu público espera. No caso dos conselhos, há um dificultador maior, o público não tem escolha de se inscrever ou não, ele é obrigado por lei a se inscrever naquela que seja a autarquia federal representante legal de sua profissão.

Por que devo usar marketing de conteúdo com meu público não comercial?

  • Educá-los
  • Melhorar a relação
  • Regatar o interesse
  • Fazer as pazes

Partir da premissa básica do Marketing de Conteúdo pode ajudar, e muito, nessa longa jornada. Se no marketing de conteúdo a estratégia é levar a persona pela jornada no funil de marketing, aqui você vai adotar a mesma estratégia, mas o fundo de funil será o lugar aonde as informações institucionais e obrigações legais do inscrito serão informadas e somente lá.

As maneiras são inúmeros, abaixo alguns exemplos de conteúdos  e canais  que podem ser importantes e simples de serem trabalhadas pela assessoria de comunicação.

Lives no facebook ou youtube

O objetivo é levar assuntos que são de interesse do público no seu dia a dia e não falar de suas obrigações como profissional. Trate este canal de maneira pessoalizada e não há lugar para formalidades. Não se estenda muito durante as lives, pois 70% de sua audiência será após a transmissão e lembre-se que sua concorrência na web é imensa. Se você começar o vídeo dando recados ou cumprimentando as pessoas online, ninguém ficará. Use seus primeiros 15 segundos para dizer sobre oque é aquela live. Escola na assessoria de comunicação, aquele profissional que tenha melhor desenvoltura com câmera e peça-o para iniciar a live. Vídeos com entrevistados são um dos formatos que melhor engaja. Monte um roteiro para um programa de entrevistas conforme sua demanda e possibilidade e convide profissionais referências em determinados temas para serem entrevistados pelo pessoal da assessoria de comunicação.

Série de posts no Facebook

Fazer séries de posts com assuntos cujo público pode entender ser benéfico para si gera compartilhamento e ajuda a estabelecer uma boa relação com seu público. Dê dicas sobre a profissão que você representa e nada de usar este espaço para divulgar as obrigações do profissional. Outra série que pode engajar, são dicas para melhorar sua performance profissional. As redes sociais são lugares de teste, abuse deles e veja o que melhor engaja.

 Compartilhe conteúdo externo nas redes sociais

Mostre para sua audiência que você, que o representa, também está atento às informações referentes à profissão . Compartilhe notícias que foram publicadas em grandes veículos, inovações profissionais ou tecnológicas que podem ajudar no dia a dia profissional, entrevistas com profissionais renomados, novas legislações que contribuam com a prática diária e outros. Faça de seus canais locais prazerosos e fontes de informação.

Blogs posts

Abuse dos blogs posts. Se sua assessoria de comunicação já está muito sobrecarregada com as atividades do dia a dia, convide profissionais que seus representados gostariam de ver para escrever artigos técnicos que possam capacitar o público. Esta prática de guest posts, muito usada no Marketing de Conteúdo, também ajuda no resgate da relação com seu público.

As sugestões a cima podem ser usadas em qualquer relação não comercial, não apenas para estes públicos citados. Na era 4.0 é impossível que assessorias de comunicação de órgãos públicos se limitem à assessoria de imprensa e organizações de eventos. Com todas as facilidades digitais e com os bloqueios legais para uso dos recursos financeiros, abusar do conteúdo para estabelecer uma relação de confiança com o público é um caminho acessível e de resultados.

O importante na hora de trabalhar o Marketing de maneira institucional é lembrar-se de entregar ao seu público o que ele busca e se você é o seu representante, é só pensar um pouquinho pelo avesso.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *