Conheça a Vero, a rede social que promete destronar o Facebook

Depois de anunciar mudanças no seu algoritmo orgânico, o Facebook parece perder adeptos e defensores.

Tecnicamente, a mudança anunciada no início do ano significa dificultar, se não extinguir, o alcance orgânico de páginas na rede social.

Sob o preceito de atender à demandas de seus usuários, o Facebook anunciou tal mudança com o objetivo de promover maior alcance das publicações de amigos e não de páginas, como comumente ocorria.

Na prática, isso inviabilizou, por assim dizer, o alcance de publicações de páginas mais humildes que talvez não desprendem de verba para anunciar na rede social ou mesmo em qualquer lugar.

Não oficialmente, o que tem acontecido, segundo os usuários e também este humilde blog, é que o alcance, mesmo pago, não tem surtido o objetivo desejado.

Grupos de discussão sobre a temática e algumas empresas do segmento têm deixado o Facebook, passando a adotar velhas redes sociais, como Twitter, ou mesmo utilizando de maneira mais fervorosa o Instagram. 

Vero a rede social real?

No meio desta imigração de usuários, surge uma nova promessa, a Vero – True Social, uma rede social criada com a promessa de ser a “rede social real”.

A Vero propõe que o usuário divida suas conexões (os amigos de lá) em conhecidos, amigos e melhores amigos e com base nesta identificação, a rede social prioriza a entrega do conteúdo no feed do usuário.

A página da Vero contém um manifesto que explica a proposta da rede social e critica a maneira que as outras redes tratam seus “clientes”, limitando-os a seguidores.

O manifesto ainda ressalta que na vida real, as relações são construídas com base em afinidade e maior grau de amizade e que, sendo assim, o compartilhamento de situações é feito de diferentes maneiras e a diferentes pessoas.

Esta é a promessa da Vero, tornar o feed do usuário realmente agradável e baseado em seu real interesse, baseado em seu grau de amizade.

Quanto à sustentabilidade da rede social, o manifesto esclarece que o primeiro milhão de usuários utilizarão a Vero de maneira gratuita e que estuda-se a possibilidade de solicitar uma contribuição anual aos usuários.

Dentro da temática anúncio, a Vero esclarece que os usuários poderão vender seus produtos ou serviços dentro da plataforma da redes social, ficando ela com um percentual da receita destas vendas.

A Vero está disponível por app e sua página funciona apenas como um manual do usuário. Até o fechamento deste post, dados da Apple Store apontam 89 downloads da rede social.

Se ela vai destronar o Facebook, ainda não se sabe, mas diante de tanto descontentamento por parte dos usuários e também de uma grande parcela de seus anunciantes, a rede social de Mark Zuckerberg pode perder uma fatia deste mercado.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *